Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
 

Moções

Moção Nº 0021-2011


Data Inicial:

08/12/2011

Situação

APROVADO

Autor:

José Onivaldo Justi

Arquivo:


Ementa:

Considerando que o Deputado Federal Arlindo Chinaglia (PT-SP), relator do orçamento geral da união, apresentou proposta preliminar que autoriza que os municípios brasileiros com até 50 mil habitantes apresentem emendas diretamente para a proposta orçamentária de 2012; Considerando que poderão ser indicadas emendas no valor de R$ 300 a R$ 600 mil, para aplicação em ações previamente determinadas no relatório, na área da educação, saúde básica, infra-estrutura urbana sanitária, agricultura, prevenção de desastres e recuperação de estradas vicinais; Considerando que a proposta garantirá participação da população, uma vez que o relatóri determina que a emenda seja definida em audiência pública promovida conjuntamente pelo Executivo e Legislativo, com ampla participalçao social; Considerando que o município de Manduri ficou definido que em audiência pública, realizada no dia 05 de dezembro de 2011, que seria contemplado com uma emenda na área da saúde de R$ 400 mil reais, que estes recursos são muito importantes para o nosso município; Apresento nos termos do Regimento Interno da Câmara Municipal de Manduri, MOÇÃO DE APLAUSOS ao Deputado Arlindo Chinaglia, pela apresentação da proposta de emenda popular ao orçamento geral da União para o exercício de 2012. Que do deliberado seja dada ciênci ao Excelêntissimo Senhor Deputado Federal.

Moção Nº 0020-2011


Data Inicial:

24/11/2011

Situação

APROVADO

Autor:

Ivanete Aparecida dos Santos

Arquivo:


Ementa:

A vereadora que esta subscreve, apresenta a Mesa, dando ciência e ouvindo o plenário, MOÇÃO DE CONGRATULAÇÕES pela chegada do Natal a toda a população manduriense.

Moção Nº 0019-2011


Data Inicial:

09/11/2011

Situação

APROVADO

Autor:

Evandro da Silva Rosa

Arquivo:


Ementa:

O veredor que esta subscreve apresenta a Mesa, dando ciência e ouvido o plenário, MOÇÃO DE APLAUSOS ao dia do Servidor Público.

Moção Nº 0018-2011


Data Inicial:

09/11/2011

Situação

APROVADO

Autor:

Ivanete Aparecida dos Santos

Arquivo:


Ementa:

A vereadora que esta subscreve, apresenta a Mesa, dando ciência e ouvindo o plenário, MOÇÃO DE CONGRATULAÇÕES ao Coronel Morelli, doutor em ciências politicas e ordem pública, por seus méritos e sua dedicação e empenho à P.M. do Estado de São Paulo.

Moção Nº 0017-2011


Data Inicial:

20/10/2011

Situação

APROVADO

Autor:

Odécio José Luiz

Arquivo:


Ementa:

ODÉCIO JOSÉ LUIZ, vereador, apresenta na forma regimental MOÇÃO DE APLAUSOS ao senhor RUI DE OLIVEIRA, pelo apoio e incentivo que vem dando para à construção em nosso município, de um Hospital Federal de alta complexidade. REQUEIRO que cópia da presente seja enviada ao homenageado, demonstrando nosso reconhecimento e alegria por estar presente na vida da população manduriense.

Moção Nº 0016-2011


Data Inicial:

18/10/2011

Situação

APROVADO

Autor:

Jorge Ribeiro da Silva

Arquivo:


Ementa:

O Dia do Professor é comemorado no dia 15 de outubro, contudo são poucos aqueles que sabem como e quando surgiu, no Brasil, essa importante data que homenageia esses profissionais. Tal data é comemorada em homenagem ao Primeiro Estatuto do Magistério, promulgado por Dom Pedro I em 15 de outubro de 1827 e justifica a importância da educação na definição da igualdade social, pois ela é uma ferramenta de conscientização e de formação do cidadão. Pelo decreto, "todas as cidades, vilas e lugarejos deveriam ter suas escolas de primeiras letras". Esse decreto falava tratava da descentralização do ensino, do salário dos professores, das matérias básicas que todos os alunos deveriam aprender e até como os professores deveriam ser contratados. A idéia, inovadora e revolucionária, teria sido ótima, caso tivesse sido cumprida. Foi somente em 1947, 120 anos após o referido decreto, que ocorreu a primeira comemoração de um dia dedicado ao Professor. Começou em São Paulo, em uma pequena escola localizada na Rua Augusta, n.º 1520, onde existia o Ginásio Caetano de Campos, conhecido como "Caetaninho". O longo período letivo do segundo semestre ia de 1º de junho a 15 de dezembro, com apenas 10 dias de férias. Quatro professores tiveram a idéia de organizar um dia de parada para se evitar a estafa e também de congraçamento e análise de rumos para o restante do ano. O professor Salomão Becker sugeriu que o encontro acontecesse no dia de 15 de outubro, data em que, em sua cidade natal, professores e alunos traziam doces de casa para uma pequena confraternização. Com os professores Alfredo Gomes, Antônio Pereira e Claudino Busko, a idéia estava lançada, para depois crescer e implantar-se por todo o Brasil. A celebração, que se mostrou um sucesso, espalhou-se pela cidade e pelo país nos anos seguintes, até ser oficializada nacionalmente como feriado escolar pelo Decreto Federal n.º 52.682, de 14 de outubro de 1963. O Decreto definia a essência e razão do feriado: "Para comemorar condignamente o Dia do Professor, os estabelecimentos de ensino farão promover solenidades, em que se enalteça a função do mestre na sociedade moderna, fazendo participar os alunos e as famílias". Parabenizamos esses abnegados profissionais que, com competência e desprendimento, ensinam e educam com a paciência e a versatilidade de verdadeiros mestres. E é com um propósito impessoal de ensinar, que revigoram nos alunos o desejo de descobrir e conhecer cada vez mais, que plantam a semente do saber, fazendo de suas mãos as mãos do aluno, de seus olhos, os olhos dos que os admiram, de seus conhecimentos, o aprendizado dos seus seguidores. Junto a vocês os aprendizes caminham; a cada dúvida que eles confrontam, serão de suas essências que partirão quaisquer ações dos mesmos, que serão guiadas pela disciplina e rigor da ciência e pelas emoções das artes. Profissional de coragem e movido pelo amor à educação, o educador constrói o futuro de nosso país, pois o ser humano é o bem mais precioso e os professores trabalham na educação desse patrimônio. Entretanto nem sempre é reconhecido devidamente pelos seus esforços. Por se tratar de um trabalho de essencial importância à comunidade, por participarem ativamente na formação de cidadãos de todas as idades, estes profissionais merecem ser valorizados e estimulados para que melhorem cada vez mais sua atuação. As bolas de papel na cabeça, as milhares de tarefas para corrigir, as críticas, as noites mal-dormidas. Ser professor não é tarefa para qualquer um, sem considerar, claro, a responsabilidade que eles exercem na sociedade. Principalmente porque, acima de tudo, ele é responsável pelo futuro de centenas de crianças. O Brasil hoje tem cerca de 1,5 milhão de professores, de acordo com o Ministério da Educação. A função deles, conforme prega o Ministério, não é só transmitir conhecimentos, mas principalmente ensinar o aluno a estudar, fazê-lo valorizar o estudo e ajudá-lo a se desenvolver socialmente. Todos os professores tomam para si a missão de ensinar não só letras e números, mas ensinar paz, esperança, solidariedade, coragem. Com o passar do tempo, com a correria do dia a dia, nós nos deparamos com tantas oportunidades e ocasiões que deixamos muitas vezes de evidenciar, valorizar ou comemorar datas e pessoas tão especiais que conviveram ou convivem conosco transmitindo tão sublime cultura e conhecimento. Profissão exercida com tanto amor, mas marcada muita das vezes pela falta de apoio, condições de trabalho desfavoráveis, poucos recursos e geralmente mal remunerada, chegando a ser desvalorizada por cidadãos, classes e organizações de nossa sociedade. É extremamente importante evidenciar aqueles que nos ensinam, nos educam, e sempre estarão em nosso meio capacitando-nos, instruindo-nos, com divina paciência e bondade no leal oficio de exercer esta profissão. Ensinar é um Dom divino, é uma arte, onde não se emprega somente a didática pedagógica, mas na busca da criatividade que às vezes vai além da própria capacidade, para cumprir o dever de educar, para aqueles que buscam o saber o conhecimento e o entendimento. Valorizar esta profissão não se restringe apenas a esta data, mas em destacar a mesma todos os dias, pois são estes Mestres que trarão aos nossos filhos, o alto conhecimento, para que um dia sejam alguém neste mundo. Ser mestre não é apenas lecionar. Ensinar não é apenas transmitir conteúdos programáticos. Ser mestre é ser orientador e amigo, guia e companheiro, é caminhar com o aluno, passo a passo. É transmitir a este os segredos da caminhada. É levar. Ser mestre é ser exemplo, exemplo de dedicação, de doação, de dignidade pessoal e, sobretudo, de amor. Não poderíamos deixar de reverenciar esses importantes profissionais que dedicam seu trabalho na formação de indivíduos bem estruturados e capazes de compor uma coletividade saudável. Ante o exposto, ouvido o Plenário e atendidas as formalidades regimentais, REQUEIRO fique constando da ata desta Sessão Legislativa, Moção de Congratulações pelo Dia do Professor, enviando-se cópia da presente moção às escolas:- Miguel Marvulo, Hermelindo Prestes, Zoroastro Alves, Manoel Errera e Creche Alice Menezes Alves.

Moção Nº 0015-2011


Data Inicial:

08/09/2011

Situação

APROVADO

Autor:

João Aparecido Nascimento

Arquivo:


Ementa:

JOÃO APARECIDO NASCIMENTO, vereador, apresenta na forma regimental MOÇÃO DE CONGRATULAÇÕES ao senhor WELLINGTON DA SILVA FREITAS, por ter alcançado a aposentadoria como servidor público estadual, motivo de orgulho para toda a comunidade manduriense, servindo de exemplo a todo aquele que quer vencer na vida. O Sr. Wellington da Silva Freitas, mais conhecido como Professor Leto cursou Faculdade de Educação Física em Guarulhos, começou a lecionar no ano de 1981 na cidade de Águas de Santa Bárbara, depois em Itatinga e Avaré, ministrou aulas também em Osasco, chegando a ser vice-diretor da Escola Estadual Gastão Ramos. Após alguns anos, transferiu-se novamente para o interior, lecionando em Iaras e finalmente em Manduri no ano de 2000, assumindo o cargo de vice-diretor da Escola Miguel Marvulo. Trabalhou também nos municípios de Óleo, Cerqueira César, Avaré e Águas de Santa Bárbara, encerrando sua trajetória como funcionário da rede estadual de ensino. Foram 35 anos dedicados a educação. Sua maneira austera, exigente nas aulas sempre foi seu marco, sendo para seus alunos exemplo de disciplina e dedicação. REQUEIRO que cópia da presente seja enviada ao homenageado, demonstrando nosso reconhecimento e alegria pela vitória alcançada.

Moção Nº 0014-2011


Data Inicial:

18/08/2011

Situação

APROVADO

Autor:

Jorge Ribeiro da Silva

Arquivo:


Ementa:

O vereador que esta subscreve, apresentam a Mesa, dando ciência e ouvindo o plenário, MOÇÃO DE CONGRATULAÇÕES ao DIA DOS PAIS. Requeiro à Mesa Diretora, nos termos regimentais, seja inserida em Ata, desta sessão MOÇÃO DE CONGRATULAÇÕES, pela passagem ao DIA DOS PAIS. Evoca-se como origem desta data a Babilônia, onde, há mais de 4 mil anos, um jovem chamado Elmesu teria moldado em argila o primeiro cartão. Desejava saúde, sorte e longa vida a seu pai. Entretanto, a institucionalização dessa data é bem mais recente. Em 1909, nos Estados Unidos, Sonora Luise resolveu criar um dia dedicado aos pais, motivada pela admiração que sentia pelo seu pai, William Jackson Smart. O interesse pela data difundiu-se da cidade de Spokane para todo o Estado de Washington e daí tornou-se uma festa nacional. Em 1972, o presidente americano Richard Nixon oficialiou o "Dia dos Pais". Seguindo a tradição, nos Estados Unidos, é comemorado no terceiro domingo de junho. Em Portugal é comemorado em 19 de março. No Brasil, é comemorado no segundo domingo de agosto. No país a implementação da data é atribuída ao jornalista Roberto Marinho, para incentivar as vendas do comércio e, por conseguinte, o faturamento do seu jornal. A data escolhida foi o dia de São Joaquim, sendo festejada pela primeira vez no dia 16 de agosto de 1953. Assim sendo, parabenizamos todas os PAIS de MANDURI e região, requerendo ainda que cópia desta seja enviada aos órgãos públicos deste município e apregoada no rol desta Casa de Leis.

Moção Nº 0013-2011


Data Inicial:

02/08/2011

Situação

APROVADO

Autor:

Ivanete Aparecida dos Santos

Arquivo:


Ementa:

A vereadora que esta subscreve, apresenta a Mesa, dando ciência e ouvindo o plenário, MOÇÃO DE APLAUSOS a Feira da Lua por seus representantes, comerciantes e agricultores. Eu, vereadora, tenho muito apreço e respeito aos agricultores familiares, pois reconheço e me orgulho que são estes que nos trazem alimentos saudáveis proporcionando boa alimentação e que com tantos esforços e derramando o suor de seu rosto levam o sustento a suas famílias. E aos que vendem lanches, doces e outros alimentos que nos atraem na degustação e sustento, que tanto se dedicam para ganhar seu digno dinheiro. Os artesanatos que nos fazem querer comprar para melhorar decorar nossos lares, sempre criativos e que dignamente também colaboram com o sustento de suas famílias. Agradeço a todos os que trabalham para a Feira da Lua existir, pois todos são importantes, sem estas pessoas não teríamos esta Feira, que vem proporcionando lazer e diversão a toda a população, hoje não podemos imaginar ficar sem a Feira da Lua e que essa atitude tem tudo para crescer. A Feira da Lua é lazer, cultura e trabalho digno, proporcionando festa e confraternização a toda a população manduriense. Todo esse mérito é dos trabalhadores que compõem a Feira da Lua e não mérito político, este é o meio conceito. Desejo boa sorte e deixo meus sinceros agradecimentos a todos os que comercializam na adorada Feira da Lua de Manduri.

Moção Nº 0012-2011


Data Inicial:

08/06/2011

Situação

APROVADO

Autor:

Jorge Ribeiro da Silva

Arquivo:


Ementa:

O vereador que esta subscreve, apresenta a Mesa, dando ciência e ouvindo o plenário, MOÇÃO DE APLAUSOS aos Policiais: da D.I.G. de Avaré: Dr. Rubens César Garcia, Dr. Fabiano Ribeiro Ferreira da Silva, José Carlos Pimental, José Lucio Andrade, Daniel Ferreira da Silva Junior, Izar Leme da Silva, João Nogueira Filho, Sérgio da Silva Ceriaco, Mário Celestino e José Manhez. Da DISE de Avaré: João Teixeira Felix Filho e Janaina Morais Da Delegacia de Polícia de Manduri: Dr. Georges Zedan Chedade, João Aparecido Nascimento, João Carlos Galheigo Parro, Wilson Antonio Nascimento, Fernando Patrocínio Júnior, Maria Inês Pereira Lopes e Alexandre José de Farias Lopes Da Delegacia de Polícia de Águas de Santa Bárbara: Antonio Carlos Papa e Marco Antonio de Paula Silva. Pela operação contra drogas em Águas de Santa Bárbara e Manduri na datas de 24 de maio de 2011 e 26 de maio de 2011. Os policiais acima indicados são merecedores de nossas reverencias por verdadeiramente lutarem no combate aos infratores da lei, conforme demonstraram com a retenção dos criminosos que assombram a nossa sociedade. Verificamos com isso que o trabalho desses policiais é realizado com lealdade a sua corporação e a nossa cidade, demonstrando que é através da AÇÃO e não de discursos que garantiremos dias melhores em nosso País. Tais policiais merecem ainda nossos aplausos, não apenas pelo ato realizado, mas também por compor a lista dos policiais idôneos de nosso país. Assim sendo, requeiro que cópia desta seja enviada aos homenageados.